Feeds:
Posts
Comentários

Archive for janeiro \19\UTC 2011

Sempre penso sobre as catástrofes e tragédias que andam acontecendo e se existem culpados por elas. Já notaram que é muito mais fácil colocar a culpa em alguém do que assumir que aquilo tinha que acontecer para o Todo continuar em sua Trilha?

Se existe Destino, o Acaso é uma grande desculpa para qualquer coisa que não encontramos explicações e a Escolha é mera Ilusão. A morte normalmente é vista como um grande Mal, mas é de extrema necessidade para o Ciclo, que na realidade, é Bom e Belo.

-A Escolha é uma Ilusão?
Se acreditarmos em Destino, sim! Não existe Escolha e qualquer tipo de decisão que tomamos faz parte de uma linha de segmentos preestabelecidos e que não podem ser alterados, ou seja, Destino.
Você deve pensar que pode driblar esse Destino e escolher outro Caminho tentando fazer uma surpresa para O Escritor, Mas com certeza foi Ele quem decidiu que você iria mudar seu rumo.

Vamos relembrar textos do tio Crowley:
“No Corpo, toda Célula é subordinada ao Controle fisiológico geral, e nós que queremos aquele Controle não indagamos se cada Unidade individual daquela Estrutura é conscientemente feliz. Mas nós cuidamos que cada uma execute sua Função, e o Fracasso de mesmo umas poucas Células, ou sua Revolta, pode envolver a Morte do Organismo inteiro. Entretanto, mesmo aqui a Queixa de uns poucos, que nós chamamos Dor, é um Aviso de Perigo geral. Muitas células cumprem seu Destino por Morte Rápida, e tal sendo a sua Função, elas de maneira alguma ressentem isto. Se a Hemoglobina resistisse ao Ataque do Oxigênio, o corpo pereceria, e nem por isto a Hemoglobina se salvaria. Agora então considera a Fundo estas Coisas em tua Organização do Mundo sob a Lei da Vontade. Pois todo indivíduo no Estado deve ser perfeito em sua Função, com Contentamento, respeitando sua Tarefa particular como santa e necessária, sem cobiçar a de outro. Pois apenas assim tu podes construir um Estado Livre, cuja Vontade dirigente estará voltada unicamente ao Bem-Estar de todos.”

“… mesmo a Vontade para a Grande Obra pode ser mal compreendida pelos Homens, pois esta Obra deve proceder naturalmente e sem Esforço, como todos os Trabalhos verdadeiros. Também é certa aquela Palavra que o Reino dos Céus sofre Violência, e que os violentos o tomam pela Força. Mas a não ser que sejas violento em Virtude de tua verdadeira Natureza, como o tomarás tu? Não sejas como o Asno na Pele de Leão; mas se tu nasceste Asno, carrega pacientemente tuas Cargas, e saboreia teus Espinheiros; pois também um Asno, como nas Fábulas de Apuleius e de Matthias, pode chegar à glória pelo Caminho de sua própria Virtude.”

Portanto, se é para ser assim, assim será. A não aceitação causará tumores, mas tais tumores serão predestinados igualmente a não aceitação.

Complicado tudo isso não? Deixa fluir!
CARPE DIEM

Read Full Post »